Executando verificação de segurança...
12

Indie Hacking & Build In Public - Erros, Acertos, Aprendizados

Faço indie hacking & build in public há 10 anos, então resolvi compilar resumidamente e compartilhar algumas dicas que aprendi com meus erros e acertos.

Conecte-se: Junte-se a pessoas com mesmos objetivos. Isso parece óbvio mas para mim não foi. Quando comecei indie hacking em 2014 eu não sabia que era possível (ou existia, e que tinha um nome). Se eu tivesse me conectado com outros indies eu teria errado menos e aprendido mais.

Não delete projetos: Eu deletei e tirei do ar muitos projetos alguns deles custavam $0. Eu não devia ter feito isso. Isso me ajudaria construir/ter mais autoridade, e potenciais fontes de renda passiva, no futuro.

Build in Public: Construir em público ajuda a aumentar credibilidade/autoridade, construir sua própria marca, loop de feedback rápido, mas compartilhe sabiamente as informações.

Não pense muito: Faça o simples, itere rapidamente, evite ficar paralisado pensando o que pode dar errado.

Uma única feature: Lance seu projeto com uma única feature. Isso facilita tirar uma ideia do papel e colocar no ar. Pronto! agora temos um ponto de partida para evoluir o produto.

Loop de feedback curto: Lançou seu produto? Colocou uma nova feature no ar? Legal. Agora faça o próximo loop de iteração. Colete feedback e coloque no ar.

Monetização D-0: Defina e lance um modelo de monetização desde o dia 0. Quanto antes perceber se as pessoas estão dispostas a pagar, e começar a receber pelo produto, melhor.

Marketing D-0: De todas as atividades na criação de um produto, marketing é o mais difícil (para mim). Diferente do código que conseguimos ver resultado imediato, marketing envolve outras questões (posicionamento, comunicação, canal de distribuição, etc), o quanto antes identificarmos, como e o que fazer de forma acertiva, melhor.

Stack: Use uma estack que permite o desenvolvimento ser flexível, veloz e robusto. Permita fazer o que precisa ser feito de forma rápida e eficaz. Se manja php não tenha vergonha de usar porque não é hypado, ou javascript porque todos estão usando typescript.

Analytics: Avalie as métricas relavantes para o produto, no meu caso eu considero receita (as pessoas estão pagando?), retenção (as pessoas usam mais de uma vez? quantas vezes por dia/semana?), engajamento (as pessoas estão fazendo no app o que deveriam fazer?), aquisição (meu marketing está funcionando?).

Não se preocupe se o google/facebook ou outra empresa lançar algo similar, no longo prazo eles abandonam +90% dos projetos que começam. Considere que ser um indie ou solopreneur uma vantagem, você não tem a burocracia de uma empresa e pode agir muito mais rápido, onde eles levam meses nós fazemos em minutos.

Atualmente eu tenho 10 apps publicados incluindo o tabenews no twitter que rankeia e tweeta os top 3 posts do dia.

Tenham um ótimo dia.

-Fausto

1

Muito interessante as dicas, você tem algum local com o build public mais documentado de cada projeto?

olhei seu twitter, achei muito maneiro os projetos. Seria de grande valor acompanhar mais detalhes de como foi construir e obter os primeiros clientes neles.

1

Oi Rodrigo, não há uma documentação oficial de cada projeto, eu documento todos eles no meu twitter (faço 3 tweets por dia as 8h, 12h e 18h), também posto artigos no medium (onde detalho melhor), e faço tiktoks relacionados.

Eu construi um app que funcionava como um blog para indie hackers, porém ninguém acompanhava/usava, eu entendi que o projeto falhou — por conta disso eu documento apenas nessas plataformas que mencinoei.

Obrigado pelo comentário e feedback.

1

Boas dicas, fausto! Anotado. Mas, cara, quais estratégias de divulgação você usa e quais você viu que tem mais retorno? Existe alguma especifíca que você notou que sempre, ou quase sempre funciona? Ou meio que, "depende"?

3

Oi rogix, tudo bem? Não depende pois os canais de divulgação são sempre os mesmos.

SEO: Se quer usar google como canal de aquisição orgânico, criar blog posts, conteúdos gerado por pessoas, ou seo programático, são altertivas etc. Vamos pegar o tabnews, por exemplo, ele deve ter muito tráfico orgânico do Google, também deve ter "certa" autoridade/relevância de dôminio, pessoas que compartilham com outras etc, etc. O mesmo se aplica para reddit, quora, medium.

Alcance por algoritmo: O que pode ser o "depende" é a forma de comunicação com a audiência/lead e o valor gerado pelo conteúdo. Por exemplo o conteúdo pode ser um meme, algo informativo, ou para entreter, e indiretamente vincular a mensagem do produto. Eu gosto dessa abordagem. Faço isso no tiktok para 5 produtos, um deles eu faço repurposing content no shorts/reels (não significa que vá performar igual).

Side tools: Você também pode pegar seu produto/serviço e criar uma side tool e dar match de intent no google. Assim a pessoa cai direto na sua ferramente para resolver aquele problema específico dela. Você pode add uma call-to-action para seu produto/serviço principal.

Build in public: Minha percepção é que muita gente subestima o poder de mostrar o que está construindo em público. Aqui você vai aos poucos contruindo sua autoridade/marca.

Há outras formas e hacks possíveis tipo publicar aqui no tabnews, product hunt, etc. Tudo gira de canais e ferramentas existentes. Para alguns produtos eu sei os canais que vão funcionar, para outros eu tenho que testar, analisar, e escolher qual funciona melhor - mas os canais são sempre os mesmos. Também pode acontecer de criar algo e não ter demanda, aí é aceitar e seguir em frente.

Futuramente, eu vou escrver um novo artigo explicando melhor. Mas eu sempre tweeto dos meus aprendizados, faço vídeos, e escrevo artigos.

Obg, pela pergunta e espero ter respondido

2

Excelentes dicas!

Ainda sobre o SEO, às vezes, dependendo do produto, a única coisa que você precisa é de um bom backlink no lugar certo. Pode parecer caro pagar de 2 ~ 3 mil para ter seu produto listado em algum artigo de muita autoridade, mas, dependendo do público e da palavra-chave, isso pode gerar um ROI constante.

1

Oi heigler, sim concordo. Se o canal de aquisição for google, melhor dedicar esforços para search intent e rankear melhor.

1

Valeu, Fausto! Construir publicamente parece ser interessante, dependendo do que a pessoa tá construindo, mas é um desafio. Valeu pelas dicas.